O segredo por detrás das vendas fáceis para quem não gosta de vender!

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
(Tempo de Leitura: 3 minutos)
YouTube video

Se não gostas de vender, o mais certo é que achas que vender é difícil!

(Quando dava aulas de Matemática descobri que, a maior parte dos alunos dizia que não gostava de Matemática. No entanto, ao fim de algum tempo a estudar comigo, passavam a gostar!

O que realmente eles não gostavam era de não serem capazes de resolver os exercícios! À medida que conquistavam as suas dificuldades e desenvolviam a capacidade de resolver sozinhos novos desafios era inevitável que começassem a gostar da Matemática!

O que eles não gostavam era da sensação de não serem capazes, de serem desajeitados, de não serem competentes e de não conseguirem alcançar os objectivos!

Acontecia que, devido às circunstância, a Matemática era o contexto no qual aquelas sensações se manifestavam! Então O problema não era a Matemática. Era o não saber Matemática!

Aprenderam Matemática, desenvolveram as suas competências, treinaram-se em resolver problemas e, não foi preciso ficarem especialistas ou barras em Matemática, passaram a gostar!

Agora, quando têm um exercício , sabes o que sentem? Alegria!)

Lembrei-me disto a propósito das vendas porque comigo aconteceu o mesmo em relação às vendas.

Nunca gostei de vender. Deixei o meu emprego em 2007 e sempre tive o propósito de trabalhar por conta própria ou ter o meu próprio negócio. Muitas coisas correram bem nesse caminho mas… as vendas sempre foram um problema e um dos motivos pelos quais não consegui, durante anos e anos, um rendimento capaz de prover o meu sustento!

Não gostava de vender, não era capaz de pedir dinheiro, tinha medo do julgamento e não era capaz, na verdade de reconhecer e apreciar o valor do meu trabalho!

Ao fim de alguns anos a tentar, em vão, suceder no meu negócio, decidi que ia aprender técnicas de vendas e comecei a sonhar que era boa vendedora.

O problema foi que as técnicas de vendas que me ensinaram não eram algo que eu fosse capaz de aplicar de forma continuada.

O que me ensinaram foi

– encontra o maior número de pessoas

– faz um convite com o máximo de persuasão possível

– aprende a lidar com as objecções

– não deixes o contacto arrefecer

– fecha a venda o mais rápido possível.

 

O problema com isto é que me obriga a fazer coisas que não estão alinhadas com os meus princípios. E isso nunca funciona a longo prazo!

 

Tudo mudou quando aprendi a Vender sem vender.

Hoje adoro vender! Porque não tenho que vender!

Se pensares bem, nós não vendemos nada. Nós simplesmente compramos!

Imagina que é 2ºa feira e vais a caminhar pela rua e passas numa montra onde estão uns belos sapatos vermelhos com brilhantes que sorriem para ti! Naquele momento não páras, vais apressada para uma reunião, mas tomas nota mental de passar ali noutra!

Então, no fim de semana seguinte, entras nessa sapataria, perguntas o preço, experimentas o 36, está um pouco apertado, experimentas o 37, sentes o conforto do sapato a aconchegar os pés, pensas no preço, perguntas se há outros modelos, talvez mais baratos, trazem-te outros modelos mas não gostas, perguntas se há outras cores, escutas a lista de outras cores, apenas para confirmar aquilo que já sabias desde o dia em que passaste na rua e os sapatos sorriram para ti!

“Levo estes” dizes, sorrindo. Pagas, recebes o saco e sais da loja.

 

Agora diz-me, foste tu que compraste os sapatos ou foi a funcionária que te vendeu os sapatos?

Foste tu que compraste! É o comprador, não o vendedor que faz a venda! Em casos particulares pode ser o vendedor, à custa de manipulação, intimidação, coação ou outras técnicas abusivas, mas isso vai sempre resultar numa má experiência para ambos e, acredito, não é disso que tu estás à procura!

Como é a minha experiência como vendedora? Alegria!

Para gostar de vender tens que gostar de comprar!

Este é o segredo para vender com alegria: serve primeiro e deixa que as vendas aconteçam por iniciativa do cliente!

Neste vídeo partilho como podes vende por amor!

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.

Gostaste deste artigo? Partilha!
Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Pensamos que poderás gostar destes Artigos Relacionados com o que acabaste de ver!